terça-feira, 15 de setembro de 2015

Fear The Walking Dead vai sacrificar um de seus protagonistas em um chocante final de temporada?


Bem, tecnicamente, Fear the Walking Dead não tem nenhum Rick Grimes. Em The Walking Dead, Rick era um xerife badass desde o início, e nenhum personagem de Fear the Walking Dead se encaixa nem mesmo remotamente nessa descrição. Mas, em termos de liderança, a série derivada tem muito claramente dois líderes.

Eles seriam Travis Manawa (Cliff Curtis) e Madison Clark (Kim Dickens), um marido e uma esposa com três filhos, nenhum dos quais é filho dos dois juntos, devido a divórcios do passado. Casados recentemente, os personagens se dividiram já no segundo episódio, indo para lados opostos de Los Angeles enquanto a sociedade começa a desmoronar com o início do apocalipse zumbi.

A relação deles é bastante diferente da relação de Rick e de Lori que vimos na primeira temporada de The Walking Dead. Lori nunca foi uma protagonista, e eu acrescentaria, nunca foi uma personagem muito boa. Na primeira temporada em particular, ela foi usada como joguete para criar tensão entre Rick e Shane. Por achar que Rick estava morto, ela já tinha dormido com Shane poucas semanas depois, o que produziu a “tensão” da situação. Rick ficou (compreensivelmente) furioso ao descobrir de Shane “estava presente para ela e para Carl”.

Nós parecemos estar evitando qualquer bobagem no estilo novela assim com Travis e com Madison em Fear the Walking Dead. Em vez disso, esses dois personagens compartilham o manto da liderança. Mas estou ficando nervoso que Fear the Walking Dead esteja tramando algo muito perverso para nós devido a esse formato.

SE TRAVIS MORRER:

Nós podemos pensar em uma história onde se o Travis chegar a morrer/se sacrificar para salvar alguém (é bem o estilo dele), Madison teria que – provavelmente – aprender a conviver com Liza e Chris, além de criar seus filhos sozinha, tentando controlar o vício de Nick.

SE MADISON MORRER:

A tensão seria ainda maior, onde Travis teria que criar os filhos de Madison e enfrentar os ciúmes de Chris, que não suporta a relação do pai com os “filhos adotivos”. Isso poderia desencadear um desespero ainda maior em Nick, que ainda nem se recuperou da morte do pai.

O que você acha que vai acontecer no último episódio da primeira temporada? Você também pensa que podemos perder um dos protagonista? Deixe todos os seus pensamentos nos comentários abaixo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário