sexta-feira, 7 de agosto de 2015

The Walking Dead 6ª Temporada: Perguntas e Respostas com Gale Anne Hurd (produtora executiva)


A produtora executiva de The Walking Dead, Gale Anne Hurd, fala sobre a nova adição ao elenco da série e como é filmar em uma comunidade real retratada como Alexandria.

Q: Como você resumiria a nova temporada em uma palavra?

Gale Anne Hurd: Formidável!

Q: A sexta temporada está oficialmente em andamento. Você sente que cada temporada é diferente no set? Qual é a coisa que nunca muda (além do calor de Georgia!)?

Gale Anne Hurd: É sempre como uma reunião de família porque estamos trabalhando juntos a tanto tempo e cada ano que estamos juntos, temos novas adições – especialmente nessa temporada. Nós temos o maior número de membros no elenco, assim como mais extras trabalhando para trazer nossos walkers para vida do que nunca antes.

Q: O que você pode nos contar sobre Heath, o personagem que foi recentemente anunciado?

Gale Anne Hurd: Bem, Heath é alguém que, nos quadrinhos, faz parte do grupo que faz limpezas e conduz missões fora de Alexandria para encontrar suprimentos. Ele é um personagem que continua na história em quadrinhos até hoje, e está sendo trazido à vida por Corey Hawkins, um ótimo ator que se encaixou desde seu primeiro dia no set. Ele é um pós-graduado premiado em atuação na Julliard School e temos muita sorte de tê-lo.


Q: Você recentemente tuitou sobre a lenda da Broadway, Chita Rivera, querer participar de The Walking Dead. Acha que isso pode acontecer? Há alguém de um mundo completamente diferente que você consegue ver na série?

Gale Anne Hurd: Nós temos tantos fãs fanáticos e alguns deles são famosos. Eu sei que Carrie Underwood é uma grande fã. Eu li na revista People que ela tenta nunca perder um episódio. Há um vasto leque de pessoas, mas a boa notícia é que temos esses fantásticos extras que trazem os walkers para vida na área de Atlanta, e eu não acho que ninguém pode melhorá-los. Eu acho que é importante sempre lembrar o grande trabalho que eles fazem, eles são tão importantes para nós como qualquer famoso.

Q: Falando em Broadway, Seth Gilliam explicou para nós sua visão de uma produção de palco de The Walking Dead: um musical fantástico que apresenta um coro de mortos. Você gostaria de ver um espetáculo como esse?

Gale Anne Hurd: O espetáculo de palco de The Evil Dead é uma das minhas coisas favoritas. Eu já fui ver duas vezes e eles têm uma zona de respingo onde você precisa vestir uma capa de chuva de plástico se estiver perto do palco por causa da quantidade de sangue que fica jorrando em você. [Risadas]. Então, com certeza eu veria isso!


Q: Você é uma grande fã de esportes. Qual ator de The Walking Dead seria um grande atleta se não tivesse atuando? Que tipo de esporte ele jogaria?

Gale Anne Hurd: Vendo eles todos no set, todos são incrivelmente atléticos. Muito do que você vê quando um episódio vai ao ar é o ator de verdade, pode ser Lennie James com sua vara de luta ou Danai Gurira e sua katana. Nós temos o elenco mais atlético possível, mas eu acho que gostaria de ver Danai no campeonato de esgrima dos Estados Unidos porque ela ganharia.

Q: Alexandria é uma comunidade real onde residentes reais vivem. Como isso funciona em termos de filmagem? Há residentes que querem ver o que está acontecendo? A produção já foi interrompida alguma vez?

Gale Anne Hurd: É um verdadeiro desenvolvimento dentro da cidade de Senoia. É chamado de Propriedade Gin e quando o desenvolvimento foi planejado primeiramente, sempre foi incorporado nos convênios, condições e restrições que regem a comunidade que poderia potencialmente ser usada para filmagem. Então, qualquer um que comprou a propriedade já estava ciente que estava previsto como uma possibilidade. Isso preparou os residentes desde o começo. Ao mesmo tempo, eles dão tanto apoio e cooperação dada todas as incríveis demandas e inconveniências que são impostas a eles devido as filmagens tão frequentes. Nós somos muito gratos por isso.


Q: Você é a produtora executiva de Fear the Walking Dead. Como essa série se diferencia da série principal?

Gale Anne Hurd: A diferença é que Fear the Walking Dead se passa bem no começo do apocalipse zumbi. Começa com indicações primárias que algo está errado. Então, nós não estamos no pleno lance ainda. Você não vê hordas de zumbis ainda, mas sim pessoas – o que é perturbador e chocante – que se parecem muito com humanos e se transformaram. Os zumbis são “mais frescos”. [Risadas]. É bem emocionante. Nós temos um elenco fantástico que, como em The Walking Dead, já desenvolveu um senso de comunidade.

Q: Depois de ver os personagens de The Walking Dead que sobreviveram desde a primeira temporada, quem te ensinou mais sobre sobreviver ao apocalipse?

Gale Anne Hurd: É como jogar cara ou coroa. Eu acho que todos eles são igualmente capazes, mas em termos de quem cresceu para ser o mais capaz, eu diria que Carol. Ela começou como alguém bastante mansa e vítima de maus-tratos. Agora, ela não só pode tomar conta de si mesma, mas se ela não tivesse salvado o resto do grupo no Terminal, eles certamente teriam morrido.

The Walking Dead irá retornar com a sexta temporada no dia 11 de outubro de 2015 na AMC e no dia 12 de outubro de 2015 FOX Brasil. Confira o trailer oficial da temporada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário