segunda-feira, 27 de julho de 2015

Remake de ‘O Cemitério Maldito’ focará nos aspectos emocionais da família


Em mais uma notícia que há muito tempo já sabemos sobre a Paramount Pictures estar desenvolvendo um remake para O Cemitério Maldito (Pet Sematary), inspirado na obra de Stephen King, com Juan Carlos Fresnadillo escalado para dirigir o filme a partir de um roteiro de Jeff Buhler, cujo os créditos incluem Insanatório – Quem Entra, Não Sai (Insanitarium) e O Último Trem (Midnight Meat Train).

O filme está sendo tratado como um reboot do clássico filme de terror de 1989, o que nos leva a crer que há uma intenção de transformá-lo em uma nova série de filmes na propriedade e em uma recente entrevista para o pessoal do Dread Central, Buhler deu alguns detalhes de a quantas anda o projeto e sobre como esta nova versão vai se diferenciar do original dirigido por Mary Lambert:

“O diretor Juan Carlos e eu literalmente passamos mais três meses revisando o roteiro e fazendo um ajuste fino para levar o horror até lugar onde ele precisa estar.”

Segundo Buhler, o novo O Cemitério Maldito, será focado nos personagens e no que as decisões que precisam ser tomadas fazem com a família:

“Os personagens deste roteiro tomam algumas decisões trágicas e o horror é sobre as ramificações dessas decisões. Ainda existem os aspectos sobrenaturais do livro, com o cemitério de animais e o cemitério de onde as coisas voltam dos mortos, mas o verdadeiro horror é: ‘O que essas coisas fazem com a família? O que ela faz com uma pessoa seu filho morto, mas depois descobrem que eles podem trazê-los de volta? Como você luta com essa idéia? E, se e quando você faz essa escolha, o que isso faz com você? Será que essa criança será a mesma? Como pode a vida voltar ao normal outra vez?'”

Ele continua:

“Isso é bem distante do filme de 1980, que eu adoro por certas coisas que são muito intrínsecas a aquele período de tempo em termos de gênero. Como de um motorista de caminhão fumando um baseado, até uma música dos Ramones. Mas quando uma criança volta dos mortos com um bisturi e vem com, ‘eu quero brincar com você,’ isso meio que vira Chucky. Com este, nós realmente queríamos entrar nos seus aspectos emocionais. Ainda há uma abundância de horror visceral que é explorado, mas eu sempre senti que, se você se inclina mais para os personagens e em suas vidas emocionais, quando a merda visceral bate no ventilador, é dez vezes mais assustador.”

O remake de O Cemitério Maldito está sendo produzido por Lorenzo DiBonaventura e Mark Varhadian para a Paramount e sobre quando o filme realmente em produção e o início da fotografia principal Buhler disse:

“Agora o orçamento do filme está pendente de aprovação pelo estúdio. Temos o novo script [concluído] e estará pronto quando Juan Carlos retornar de Nova York em Agosto. Atualmente ele está lá filmando um piloto chamado Falling Water para a empresa de Gale Anne Hurd, por isso espero que em termos de produção as coisas estejam acontecendo até o final do ano.”

O filme original conta a história dos…

“…Creeds que se mudam para uma nova casa nos arredores de Chicago. A casa é perfeita, exceto por duas coisas: os caminhões, que vivem fazendo barulho na estrada, e o misterioso cemitério no bosque atrás da casa. Os vizinhos dos Creeds estão relutantes em falar sobre o cemitério e eles tem um bom motivo para tal comportamento. Gradativamente o casal toma conhecimento da verdade e ficam chocados ao saberem do perigo que seus filhos correm. Quando o gato da família morre atropelado, eles o enterram em um cemitério indígena que tem o poder de ressuscitar o que for deixado naquele terreno, mas as conseqüências são inimagináveis.”

Vamos ver no que dá.

Via: Terrorama

Nenhum comentário:

Postar um comentário