sábado, 27 de junho de 2015

TOP 5 The Walking Dead – Os melhores momentos de Maggie Greene


ATENÇÃO! O post a seguir contém inúmeros spoilers sobre as cinco primeiras temporadas de The Walking Dead. Caso não queira ter as surpresas da trama estragadas, não continue! VOCÊ FOI AVISADO!

Além de uma trama dramática e muito bem desenvolvida, a riqueza de The Walking Dead flui a partir de seus personagens, e o modo como se relacionam. Algo que diferencia ainda mais a série, é o modo como a figura feminina é tratada de maneira igual (ou até mesmo superior) diante o papel masculino. Como visto na personalidade forte de personagens como Michonne (Danai Gurira) e Carol (Melissa McBride), outra que merece reconhecimento é Maggie Greene.

Além de formar o par amoroso de um dos mais queridos personagens, Glenn Rhee (Steven Yeun), a personagem de Lauren Cohan é conhecida pela sua forte determinação, e pela maneira como atende às necessidades do grupo. Com isso, separamos cinco dos melhores momentos de Maggie e os listamos abaixo. Confiram:

05. O CASAMENTO


Quando Glenn  passou a desconfiar sobre um possível abuso sexual d’O Governador (David Morrissey) sobre Maggie, o casal começou a entrar em um momento de tensão no relacionamento – enquanto ela negava o ocorrido, ele duvidada sobre a tal questão. Entretanto, após o líder de Woodbury atacar a prisão pela primeira vez, o namorado decidiu acreditar nas palavras da amada, e entendeu que estava preparado a dar um novo passo.

Mais precisamente no episódio 15 da terceira temporada, “This Sorrowful Life”, Glenn pediu Maggie em casamento, ainda no pátio da prisão. Sem hesitar, a mulher aceitou o pedido, e os dois cessaram ali, os votos de amor eterno.

04. O ASSASSINO INTERNO


Após Hershel (Scott Wilson) ter a perna amputada – e sobrevivido -,  todo o grupo começou a se adaptar com a vida na prisão. Após uma noite amorosa com Glenn na torre de vigia da prisão, Maggie desceu para ajudar Rick (Andrew Lincoln) e os outros em uma coleta de suprimentos e reforço de segurança para a moradia.

Inesperadamente, um dos prisioneiros sobreviventes de “Sick” acabou por atrair uma horda de errantes para dentro da prisão, fazendo com que uma confusão ocorresse no local. Enquanto Beth (Emily Kinney) e Hershel procuravam um local para ficarem a salvo, T-Dog (IronE Singleton) se sacrificava para salvar a vida de Carol, tal como Rick, Daryl (Norman Reedus) e Glenn tentavam acabar com as ameaças dos mortos-vivos, procurando o responsável. No entanto, Maggie se preocupou na hora com a estabilidade de Carl (Chandler Riggs) e Lori (Sarah Wayne Callies), que estava nos últimos dias de gravidez.

Entrando no bloco de celas, os três não conseguiram segurança, e acabaram tendo de se infiltrar na sala da caldeira do presídio. Com isso, Lori começou a sentir que seu bebê estava prestes a nascer, e dadas as circunstâncias do momento, seria impossível sair dali e buscar a ajuda de alguém apto para o trabalho. Quando nenhuma saída foi encontrada, a mulher de Rick forçou Maggie a fazer uma cesariana forçada, apenas para o nascimento de seu bebê. Após um emocionante e trágico momento de despedidas, a mais velha Greene teve de atender ao pedido.

Quando tentou dar o tiro de misericórdia em Lori, Carl passou na frente, dizendo que precisava, por aquela ser sua mãe. Após o trágico momento, Maggie esteve junto com os outros no pátio, com a pequena bebê Judith nos braços, enquanto Rick desmoronava em lágrimas ao saber da morte da esposa.

03. FORÇA E DETERMINAÇÃO


Quando o surto de uma doença afetou a prisão dos sobreviventes, os infectados tiveram de ficar isolados no bloco que antigamente servia como “corredor da morte”. Neste tempo, Maggie mostrou-se extremamente prestativa para com o grupo – como visto explicitamente em “Internment”.

Inicialmente, ajudou Rick a consertar as cercas, que ameaçavam cair devido a força brutal dos mortos-vivos pressionando-as. Em breve momento, chegou até mesmo a salvar a vida do líder, quando este foi pego por um dos errantes. Entretanto, o trabalho foi interrompido por um tiro que ecoou por toda a prisão, e que vinha exatamente da ala dos infectados. Logo, Maggie correu em direção ao local, temendo pela vida de seu pai, e do marido.

Após entrar no bloco, mostrou-se extremamente prestativa no combate contra os transformados, tal como na salvação de seu pai, e de Glenn, que passou perto da morte no instante em que a doença entrou em um estágio acelerado, deixando-o com as vias respiratórias bloqueadas. Assim, quando Daryl e os outros voltaram com os remédios para os doentes, Maggie ajudou no tratamento dos mesmos.

02. BETH


Quando a prisão caiu, Maggie acreditou que sua irmã mais nova, Beth, havia falecido, e desde então, passou a perder qualquer tipo de esperança em reencontrá-la. Após se reencontrar com o marido e seguir até o Terminus, ficou sabendo por Daryl que Beth estava viva, mas mesmo assim preferiu ficar calada em relação ao assunto, sem se referir a irmã em nenhum momento.

Após as frustrações com a descoberta da mentira de Eugene (Josh Mcdermitt), Maggie voltou para a igreja, onde foi informada por Michonne que Beth estava viva, e que o grupo havia ido buscá-la. Emocionada e cheia de esperanças, seguiu em direção ao Grady Memorial Hospital, mas ao chegar no local, encontrou apenas a irmã morta em seus braços.

Em decorrer destes trágicos acontecimentos, Maggie acabou perdendo a vontade de viver. Como explorado durante o episódio “Them”, ela não tinha mais vontade de seguir em frente, e acabou entrando em breves colapsos nervosos – respondendo rudemente ao Padre Gabriel (Seth Gilliam), e hesitando a matar um errante preso dentro de um porta-malas, devido a sua breve semelhança com Beth Greene.

Porém, mesmo com todos os acontecimentos, foi acolhida por Glenn, que emitiu um belo discurso em relação a continuar lutando. Quando uma tempestade unida a uma manada de mortos-vivos atacaram o celeiro onde passavam a noite, Maggie ajudou fortemente no trabalho em grupo, segurando as portas, e impedindo a entrada das criaturas.

No outro dia, mostrou-se mais motivada, e teve uma bela e emocionante conversa com Daryl sobre Beth. Ao sair para a rua e ver os estragos da noite anterior, decidiu que era hora de seguir em frente, afinal, como a própria irmã uma vez disse, “quando você se importa com as pessoas, se machucar faz parte do pacote”.

01. A QUEDA DA PRISÃO


Quando a calmaria parecia ter voltado para os moradores da prisão, eis que o maníaco psicopata O Governador voltou! Usando Michonne e Hershel como reféns, propôs a troca dos dois pelo local. Apesar de um belo discurso entoado por Rick sobre não terem ido longe demais, o maníaco cruel não acreditou e decapitou o pai de Maggie e Beth Greene na frente de todos, inclusive das próprias filhas.

Em meio a lágrimas de desespero e muita angústia, trocaram tiros contra o grupo inimigo. Quando Beth ficou sem munição, cobriu a irmã, indo até o ônibus. “Eu tenho que buscar o Glenn! Beth, ponha as pessoas no ônibus, ok?! Esse é o seu trabalho, e nós todos temos trabalhos a fazer”. Enquanto uma verdadeira guerra ocorria no pátio da prisão, Maggie correu para salvar Glenn, que ainda se encontrava tentando se recuperar da doença.

Ao chegar no ônibus e não encontrar Beth, Maggie entrou em desespero, e saiu correndo em busca da irmã. Ainda ativamente participando do confronto, se uniu a Bob (Lawrence Gilliard Jr) e Sasha (Sonequa Martin-Green), e ao ver o ônibus partindo – e supondo que não teria mais salvação para sair dali, decidiu ir embora com os outros dois.

Após a queda da prisão, mostrou-se extremamente determinada com seu pequeno grupo, criando mensagens para Glenn seguir até o Terminus, e assumindo a liderança muitas vezes.

Então, estes foram os cinco momentos escolhidos como os mais marcantes da jornada de Maggie Greene na série de TV. Você concorda com a nossa lista? Quais são seus momentos favoritos da personagem? Qual outro você incrementaria para deixá-la completa? Deixe sua opinião na área de comentários abaixo.

The Walking Dead irá retornar com a sexta temporada em outubro de 2015 na AMC e na FOX Brasil. O trailer da temporada, bem como a data oficial de lançamento, será divulgada durante a Comic Con de San Diego em julho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário