quarta-feira, 27 de maio de 2015

Retrospectiva da 5ª temporada de The Walking Dead com Andrew Lincoln


Com novos personagens, novas ameaças e novas criações de zumbis, houve um pouco de cada e parece que o programa atingiu seu progresso balanceando ação e desenvolvimento de personagens durante a quinta temporada de The Walking Dead. O site Daily Dead teve a oportunidade de conversar com Andrew Lincoln (Rick Grimes), logo após o fim da temporada, e ele falou um pouco sobre como foi trabalhar com o novo elenco, sua luta zumbi no final, sua cena favorita da temporada e sobre ele ter se barbeado. Confira:

Daily Dead: Esta temporada foi realmente uma grande jornada para os leitores, vendo o grupo na estrada a maior parte do tempo e encontrando um novo lar em Alexandria. Como foi a experiência para você, como ator, começar na primeira temporada com um elenco pequeno e tendo uma adição massiva de novos atores na quinta temporada?

Andrew Lincoln: Tem sido incrível. Scott [Gimple] e os roteiristas tem feito um trabalho excelente em criar complicados e brilhantes arcos de história. Temos agora 20 personagens principais, o que é novidade. É algo maravilhoso ainda termos a velha guarda, os 5 ou 6 do DNA original da série, mas há algo adorável nesse novo sangue vindo e mudando a energia. Eles trazem o próprio entusiasmo e ideias, e empurram o programa adiante e o reinventa.


Daily Dead: Greg Nicotero e seu time realmente se superaram nesta temporada com os efeitos zumbi. Uma das minhas cenas favoritas tem você enfiando uma arma na cabeça de um Walker no final da temporada. Pode falar um pouco sobre como foi gravar esta cena?

Andrew Lincoln: Era uma fantoche com um balde de sangue, então não era o seu fantoche normal (risos). Eram 3 e meia da manhã e eu tive que empurrar a arma através do pescoço de látex até o cérebro. Precisamos sincronizar simultaneamente meu gatilho com o cérebro pra que tudo explodisse na minha cara. Tivemos muita sorte que funcionou na primeira vez, do contrário teríamos que apagar uma hora de trabalho.

A outra cena que eu testemunhei foi o último dia de Tyler James. Ele era uma tremenda vantagem para o programa e um cara jovem e incrivelmente impressionante. O lance que fizeram com ele e a censura foram verdadeiramente surpreendentes. Eu estava assistindo no monitor e foi uma das coisas mais ridiculamente brutais que eu já tinha visto. Greg Nicotero tinha mencionado que eles tinham posto um pouco de sangue na tela para esconder mas eles devem colocar a versão completa no blu-ray. Foi inacreditável.


Daily Dead: Relembrando seu tempo no set durante a quinta temporada, você tem algum momento ou cena favorita?

Andrew Lincoln: Eu adorei a cena de entrada e de escape de Terminus. Testemunhando aquele horror através da cena e escapando com a AK-47 foi algo bem divertido. Sinto muito, mas foi incrível e eu adoraria fazer de novo todo dia no set se eu tivesse a oportunidade e a munição. Foi incrível começar a temporada. Normalmente leva um tempo pra pegar o ritmo, mas depois da metade de um dia, nós estávamos cobertos de sangue e de poder de fogo, e dissemos “É tão bom estar de volta!” (risos)

Daily Dead: A cada temporada, sua barba cresceu cada vez mais. Como se sentiu quando finalmente pode raspá-la?

Andrew Lincoln: Foi maravilhoso para mim, mas foi muito melhor para a minha esposa. De fato, quando eu a estava raspando, Greg Nicotero filmou com a câmera dele e enviou para a minha minha esposa, para que ela pudesse ver a limpeza em mim. Foi surreal, estranho e perturbador, mas perfeito para o arco da história. Fez todo sentido quando colocamos o uniforme de policial novamente.

The Walking Dead irá retornar com a sexta temporada em outubro de 2015 na AMC e na FOX Brasil. O trailer da temporada, bem como a data oficial de lançamento, será divulgada durante a Comic Con de San Diego em julho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário