quarta-feira, 29 de abril de 2015

Pacote básico de sobrevivência ao Apocalipse Zumbi


Supondo que amanhã você acorde e o mundo tenha caído nas mãos dos zumbis (finalmente! não, pera… finalmente?) existem itens que são essenciais para a sua sobrevivência. Alguns deles, você, como amante do universo zumbi com certeza já sabe, mas outros valem a pena anotar (ou guardar na cabeça mesmo. Você não vai ter tempo de ir atrás das suas anotações quando o Apocalipse estourar).

1 – Em primeiro lugar: COURO. Arrume couro. Lembra daquela calça de couro que você comprou e seus amigos riram de você? Bom quem ri por último ri melhor (a não ser que eles virem zumbis e te matem. Aí nesse caso ninguém vai rir e tudo vai ter se transformado em uma grande tragédia).

É altamente importante usar couro nos braços, pernas e pescoços para se proteger das mordidas dos zumbis. Se as pessoas nos filmes fossem um pouco mais inteligentes todo filme de morto-vivo se pareceria com uma figuração de Hell’s Angels.

2 – Os zumbis têm o cerebelo danificado, o que significa que a capacidade de movimentação deles é muito prejudicada (aquele zumbis de Madrugada dos Mortos que correm como maratonistas nunca corresponderão a realidade). Portanto suba em lugares altos, a sua agilidade é infinitamente superior a deles.

Se não quiser esperar pelo Apocalipse sentado, comece a praticar Parkour.

3 – Se você escolheu praticar Muay Thai ao invés de Parkour só posso lamentar. Não é uma boa ideia lutar com um zumbi porque ele não sente dor. O melhor que você pode fazer no caso de um confronto com um zumbi é tentar atingir seu tronco cerebral para causar dano a ponto dele “morrer”. Ou melhor ainda, fugir.

4 – Como o zumbi teve a parte medial do seu lobo temporal danificada ele tem uma memória horrível. Faça uso disso. Se esconda e ele logo vai esquecer de você, assim que ele tiver a atenção desviada por outra coisa. Falando em atenção desviada, vamos para o próximo item.

5 – O zumbi tem enorme dificuldade de concentração. Se estiver encurralado vale de tudo para chamar a atenção dele para outro lugar. Você pode colocar fogo em alguma coisa ou quem sabe seu amigão surge do outro lado e começa a gritar e balançar o braço loucamente. Aí, é que vença o mais rápido.

6 – Esbarrou com um zumbi e não estava preparado? Você pode fingir ser um zumbi. SIM! Isso funciona. Mas não abuse. Assim que puder escape dos novos amigos.

7 – Por último, mas não menos importante, sempre tenha em mente que seus parentes e amigos que se transformaram em zumbis não são mais seus parentes e amigos. São ZUMBIS. Eles não vão ter um lapso momentâneo e se lembrar de como te amam. Então nada de sentimentalismo. Os sentimentais só sobrevivem nos filmes (e muitas vezes nem isso).

Todas essas dicas incríveis são parte da pesquisa do neurocientista americano Bradley Voytek, especialista em neurociência zumbi (sim, isso é sério). Se quiser saber mais, assista o vídeo do especialista abaixo:


Nenhum comentário:

Postar um comentário