domingo, 1 de março de 2015

The Walking Dead S05E11: 5 coisas que você pode ter perdido em “The Distance”


[ATENÇÃO!! ESTE CONTEÚDO CONTÉM SPOILERS DOS QUADRINHOS E DO EPISÓDIO S05E11 – “THE DISTANCE”!]

Depois do episódio relativamente deprimente da semana passada, esta semana contou uma história bem diferente para Rick e o grupo! Novos personagens, um novo ambiente, e algumas lembranças fizeram do episódio 11, “The Distance” (A Distância), uma hora brilhante de televisão.

O episódio foi bem agitado, com vários pequenos eventos acontecendo o tempo todo. Dê uma olhada nestas 5 coisas que você deve ter deixado passar no episódio 11 da 5ª temporada de The Walking Dead, “The Distance”.

1. Uma referência a Terminus foi a razão pela qual Aaron levou um soco


Esta parece ser uma grande temporada para personagens socando uns aos outros. Primeiro tivemos Abraham nocauteando Eugene no episódio 5, e na noite passada Rick deixou Aaron no chão, silenciando seu discurso de convencimento para que o grupo se junte à sua comunidade. Mas o que foi que tanto irritou Rick, a ponto de sentir a necessidade de bater em Aaron ao invés de simplesmente mandar que outros membros do grupo o imobilizassem? Bem, pode ter algo a ver com esta parte do discurso de Aaron:

“Como eu disse, segurança é obviamente importante; na verdade só existe um recurso mais crítico para a sobrevivência de nossa comunidade: as pessoas. Juntos nós somos fortes, e vocês podem nos tornar ainda mais fortes.”

Parece muito bom, certo? E em qualquer outro grupo isso pode ter fechado o negócio, exceto pelo fato de que este grupo em particular já ouviu algo parecido em Terminus. No final da quarta temporada, Michonne perguntou ao termite Alex “Por que vocês fazem isso? Por que deixam as pessoas entrarem?” e Alex respondeu:

“Quando as pessoas se tornam parte de nós, nós nos tornamos mais fortes.”

É claro, pouco depois nós percebemos que ele estava falando aquilo literalmente. Obviamente, esta frase de Aaron acionou a lembrança de Rick, e a melhor reação? Um soco rápido na cara.

2. Michonne é o novo Tyreese


Depois que Tyreese morreu no episódio 9, surgiu um buraco no grupo. Tyreese frequentemente trazia planos alternativos ou questionava as ações, particularmente as de Rick, quando achava que poderia haver uma solução alternativa. Ainda que Michonne não seja exatamente como Tyreese (ela certamente nunca hesita em matar zumbis, ou mesmo pessoas, se isso significa proteger seu grupo), ela parece ter assumido seu lugar, se opondo a Rick ou tentando argumentar com ele quando considera necessário.

Danai Gurira, a atriz que interpreta Michonne, até mesmo falou sobre Michonne se tornar um tipo de “guardiã da esperança” dentro do grupo durante o episódio de The Talking Dead logo após o episódio, algo que certamente valeu a pena no final do episódio, quando eles finalmente chegaram a Alexandria.

3. Teve uma referência bacana aos quadrinhos


Com o grupo a caminho de Alexandria, eles se dividiram em dois veículos. Enquanto a maioria ficou no RV, Glenn, Rick, Michonne e Aaron foram na frente no carro. Sem usar as luzes, eles logo se encontraram rompendo através de um enorme bando de zumbis. De fato, foi muito parecido com esta cena dos quadrinhos acima.

Embora a história da cena com o bando na TV seja diferente dos quadrinhos, ainda assim foi um belo toque terem incluído isso na série para os fãs dos quadrinhos, oferecendo alguns minutos de muita tensão para a audiência.

4. Alusões a tramas do passado e do futuro


Mais perto do fim do episódio, Aaron pergunta a Noah sobre a lesão em sua perna e menciona que eles têm um cirurgião em Alexandria, chamado Pete, que talvez possa ajudar Noah a consertar sua perna. A conversa pode ter parecido nada mais do que Aaron fazendo uma oferta de paz, mas também pode ter sido uma alusão a uma trama futura.

Nos quadrinhos também há um médico chamado Pete, com uma grande trama envolvendo ele, Rick e violência doméstica, não muito depois da chegada do grupo em Alexandria. Eu não vou dar spoiler, mas o fato dele ter sido mencionado neste episódio definitivamente indica que os roteiristas planejam trazer este enredo para a série em algum momento no futuro.


A outra trama mencionada foi dos confins da segunda temporada. Uma pequena, mas bastante atenciosa, lembrança a um personagem muito querido: Dale.

Bem quando parecia que o grupo chegaria a Alexandria sem nenhuma intercorrência, a bateria da RV parou. O grupo talvez precisasse andar o restante do caminho se não fosse por Glenn, que sabia onde a segunda bateria estava guardada. A razão pela qual sabia disso foi porque no primeiro episódio da segunda temporada Dale ensinou Glenn como consertar sua querida RV, logo antes de Sophia se perder na floresta. Quando Abraham perguntou a Glenn como ele sabia que a bateria estava armazenada ali, Glenn simplesmente deu um pequeno sorriso e os dois rapidamente começaram a consertar o veículo.

5. Os jovens residentes de Alexandria convenceram Rick


Na metade do episódio, Rick e Michonne falam sobre Woodbury e Terminus, as comunidades muradas anteriores que eram completamente silenciosas pelo lado de fora, e também escondiam segredos sombrios. Rick diz a Michonne que quando o grupo chegar a Alexandria, ele não tem ideia se algo poderia convencê-lo a levar seus filhos para dentro de uma comunidade fortificada novamente.

Quando o grupo finalmente chega aos portões, Rick espera no carro, a câmera foca na profunda expressão de preocupação em seu rosto, mas logo depois a expressão alivia quando ele percebe a única coisa que poderia convencê-lo a levar seus filhos para dentro de Alexandria: o som da risada de crianças vindo de dentro dos muros.

BÔNUS: Rick (meio que) quebrou a quarta parede


Quando Aaron está tentando convencer Rick a levar o grupo para Alexandria, Rick manda o grupo checar a área por 60 minutos. Enquanto Rick, Judith e Aaron estão esperando seu retorno, Rick lembra que Aaron tem 43 minutos até que eles voltem com novidades ou ele será morto. 43 minutos é, coincidentemente, o exato tempo de duração do episódio, sem os anúncios.

Qual foi a sua parte favorita do episódio? Notou mais alguma coisa bacana? Deixe tudo nos comentários abaixo.


Nenhum comentário:

Postar um comentário