quinta-feira, 26 de março de 2015

Comparação SÉRIE vs HQ: The Walking Dead S05E15 – “Try”


Atenção! Este conteúdo contém SPOILERS dos quadrinhos originais e do décimo quinto episódio, S05E15 – Try, da quinta temporada de The Walking Dead. Caso ainda não tenha assistido ou lido, não continue. Você foi avisado!

O décimo quinto episódio da quinta temporada de The Walking Dead, “Try” (Tentar), é realmente um novo e grandioso passo para a narrativa do drama da AMC. Após os trágicos eventos que abalaram a busca do grupo de Glenn no último episódio, Deanna começa a questionar a posição e estabilidade do grupo de Rick dentro de Alexandria. Enquanto isso, Carl começa a arranjar um grau maior de proximidade com a misteriosa sobrevivente Enid, enquanto Sasha ainda tenta lidar com a angústia e dor de suas perdas recentes do namorado e do irmão. Do lado de fora das cercas da Zona Segura, Daryl e Aaron encontram ainda mais pistas sobre os misteriosos Wolves (Lobos). Infelizmente, dentro dos muros, a vida começa a imitar aquela que o grupo do antigo xerife Grimes conhecia, e um conflito entre Rick e Pete chega a proporções inimagináveis. O atual showrunner, Scott Gimple, mais uma vez surpreende com a adaptação fiel de cenas icônicas dos quadrinhos, transformando o drama em algo ainda mais consistente e espetacular.

Confira a comparação dos eventos televisivos com os da obra original de Robert Kirkman, e aproveite para expressar sua opinião sobre a adaptação. “Continue caminhando”. No geral, temos uma bomba-relógio plantada e prestes a explodir, afinal, o aparente “paraíso” de Alexandria está aos poucos mostrando sua verdadeira proposta.

O PRIMEIRO ENVOLVIMENTO AMOROSO DE CARL GRIMES


Nos quadrinhos: Ainda no famoso arco da prisão, Carl aceita ser o “namoradinho” de Sophia (que ainda está viva nos quadrinhos), mas a relação aos poucos se desfaz, mesmo com a filha de Carol ainda estando apaixonada pelo filho de Rick. Após o arco “ALL OUT WAR”, Carl cita um possível breve relacionamento com Anna em Alexandria – não exatamente uma relação amorosa, mas cita a Negan que a garota o mostrou os seios. Mais recentemente, quando Carl partiu para Hilltop, conheceu Lydia – após um breve entrosamento e uma longa conversa, Carl tem sua primeira relação íntima com a personagem.

Na série de TV: Tendo em vista que a contraparte de Sophia na série de TV morreu ainda na segunda temporada, Carl não teve nem chance de estabelecer sua breve e confusa relação com a filha de Carol. Na saga da prisão, o herdeiro Grimes mostrou um breve interesse amoroso em relação à Beth Greene, porém nada aconteceu. Com a chegada em Alexandria, conheceu Enid, uma misteriosa e bela garota, responsável por um “quase primeiro beijo” do personagem. Especula-se que ela pode vir a se tornar a futura primeira relação amorosa de Carl Grimes.

A CONVERSA DE RICK COM O SUPERIOR DE ALEXANDRIA


Nos quadrinhos: Sendo responsável por durar seis edições, ou um volume inteiro – Too Far Gone -, o confronto de Rick e o marido de Jessie, Pete, tem um desenvolvimento corrido. Ao saber do violento temperamento do médico de Alexandria, Rick corre para informar a Douglas Monroe (que está no “cemitério” de Alexandria) que alguma coisa precisa ser feita para com o morador. As opções? Ou exilá-lo, ou então matá-lo, já que Alexandria não possui uma “prisão”, para mantê-lo. Vendo que seria uma grande perda para a comunidade, o líder da Zona Segura prefere ignorar tal feito, visando apenas o bem maior, ou seja, a estabilidade dos moradores do local. Rick, por sua vez, previamente avisa que, caso não sejam tomadas providências, fará o que é certo.

Na série de TV: Os acontecimentos na versão AMC de The Walking Dead são praticamente iguais aos da obra original de Kirkman nos quadrinhos. Após Carol informar a Rick sobre o que descobriu através de Sam, filho de Jessie e Pete, o líder do antigo grupo da prisão corre para falar com Deanna, líder de Alexandria, e apresentar as opções de medidas que precisam ser tomadas. Mantendo até mesmo a localização dos personagens (no “cemitério”), a discussão sobre a atual situação é extremamente semelhante com os quadrinhos (apenas com uma visão mais ampla sobre o assunto por parte da líder), tal como o desfecho da conversa. Logo, Rick fará alguma coisa, esteja Deanna querendo ou não.

A BRIGA DE PETE E RICK


Nos quadrinhos: Após a conversa com Douglas, Rick vai diretamente até a casa de Pete, e já parte para a briga. Em um momento brutal, os homens de diferentes convicções usam diálogos abusivos em meio a socos e as mais variadas formas de violência, sendo que até uma vidraça da casa dos Anderson é destruída graças ao impacto do encontro dos dois durante a briga.

Na série de TV: Após conversar com Deanna, Rick tenta conversar duas vezes com Jessie, e perguntar o que ela pode dizer sobre a situação na qual se encontra. Ao ver Sam, Rick vê que realmente precisa fazer alguma coisa, antes que os eventos tomem maiores proporções. Chegando na casa da família de Pete, o homem confronta Rick, e logo mais os dois partem para a briga. As palavras abusivas e até mesmo a vidraça quebrada é reconstituída em cena como nos quadrinhos originais de Kirkman. É visualmente brutal e emocionante.

O DISCURSO DE RICK


Nos quadrinhos: Após ser interrompido por Douglas, Rick aproveita a oportunidade e dá um belo discurso, falando sobre o quão afundados e despreparados estão os moradores de Alexandria, tendo como base o que o mundo fora dos muros proporciona no atual momento. Em um momento de breve loucura, Rick aponta a arma para o líder e o resto dos moradores de Alexandria, sendo violentamente interrompido por Michonne, que o acerta com uma pedrada na cabeça.

Na série de TV: Em uma reprodução até mesmo de closes idênticos às artes dos quadrinhos de Kirkman, Rick é interrompido por Deanna enquanto bate em Pete. E é neste momento que a atual visão de “autoridade” de Alexandria explode, falando a verdade: eles são fracos, e se não aprenderem a lutar, morrerão. Conseguinte, Michonne acerta um soco na parte de trás da cabeça de Rick, que cai inconsciente no chão.

E então, o que achou de “Try”? Qual será o desfecho da história de Pete? Rick chegará a tomar Alexandria como planejou logo de início? Como os moradores irão reagir aos últimos acontecimentos? E quais suas expectativas para o season finale “Conquer”, que irá ao ar no próximo domingo?

Deixe sua opinião nos comentários abaixo, e aproveite para nos lembrar caso haja outra comparação que possa ser citada!

O último episódio da temporada, Conquer, irá ao ar simultaneamente com a AMC no Brasil, no dia 29 de março às 23:00. The Walking Dead vai ao ar toda segunda-feira, às 22:30 na Fox, com opção de áudio original e dublado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário