terça-feira, 24 de março de 2015

Comentários do episódio S05E15 – “Try” (COM SPOILERS)


Por: Vinicius Castro (do site Walking Dead BR)

Post destinado a comentários do episódio “Try” da quinta temporada de The Walking Dead. Muitos spoilers poderão (e serão) encontrados por aqui. Se você ainda não assistiu e não gostaria ter as surpresas do episódio “estragadas”, não prossiga. Você foi alertado!

Este post está destinado à exposição de ideias sobre tudo o que pode estar acontecendo na série. Utilize os comentários abaixo para compartilhar conosco suas teorias.

SINOPSE: “O grupo percebe que a vida abrigada talvez não seja possível quando a vida dentro dos muros começa a imitar a vida lá fora. Esses relances quebrarão Rick?”

Roteiro: – | Diretor: Mike Satrazemis

DISCUSSÃO DE “TRY”:

Episódios que antecedem season finale em The Walking Dead sempre são sensacionais e deixam um campo amplo de possibilidades para eventos que irão encerrar a temporada. Foi assim com a morte do Shane, Merle e na chegada ao Terminus na 2ª, 3ª e 4ª temporadas respectivamente. E bom, chegamos ao quinto ano e digo, sem dúvida nenhuma, que estamos diante de uma obra que será lembrada eternamente, pelo seu marco.

Desde o S05E09 venho comentando aqui no site o quanto esta segunda parte está sensacional. Digo com clareza que em nenhum momento fiquei desapontado com o andar do roteiro, ou até mesmo com a direção dos episódios (ao contrário da primeira parte e “Crossed”, por exemplo).

Quando o episódio começou, a alternância de cenas enquanto o mix de Aiden tocava ao fundo foi de arrepiar. A partir daquele momento vimos que nada mais seria normal, e que estávamos indo para algo possivelmente trágico, afinal, sempre tivemos certeza que o povo de Alexandria não sabe sobreviver a este mundo.

E enfim, tivemos a menção aos Wolves (Lobos). Tenho absoluta certeza de que eles serão a maior ameaça da finale (30 minutos ameaça Pete, 30 minutos ameaça Wolves), e isso me deixa com o coração na mão. Admito, é nestes momentos que eu fico com muito medo, principalmente de perder algum membro amado de nosso grupo.


Vou ser honesto, não vou conseguir falar tudo sobre o episódio, pois há uma cena que não sai de minha cabeça: a briga de Pete e Rick. Reconstituíram a cena da HQ, e sinceramente, que tensão foram aqueles minutos finais da briga. Jessie apanhando, Rick pirado, Deanna recuando, Carl tentando impedir. Tudo foi fantástico! E mais uma vez, Andrew Lincoln merece Emmy de melhor ator. A cada ano a premiação cai mais no meu conceito, e se Andy não tiver pelo menos uma indicação, deixo de vez de acompanhar aquela bizarra entrega de prêmios.

Pelo vídeo promocional do próximo episódio, parece que teremos um season finale extremamente superior ao da quarta temporada (que particularmente, acho espetacular), e teremos um cliffhanger emocionante e extremamente angustiante. Enfim, apenas tenho que agradecer a Scott Gimple pelo que ele tem feito com a história, e é claro, por fazer cada vez mais jus ao nome The Walking Dead.

Começando a rezar, cruzando os dedos, e que chegue o próximo domingo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário