sábado, 21 de fevereiro de 2015

The Walking Dead 5ª Temporada: Um vilão invisível


Depois do que eu considero um teaser de 45 minutos, finalmente The Walking Dead voltou. E voltou mostrando um vilão. Um vilão, que se fez presente no início da série, mas havia sumido no momento em que eles chegaram à fazenda de Hershel.

O ambiente.

Desde que o grupo de Rick passou a confiar em espaços fechados, onde uma sombra de sociedade podia ser mantida, os grandes vilões passaram a ser aqueles que ameaçavam este território, como o Governador. Depois da destruição da prisão, a necessidade de um novo assentamento foi se tornando cada vez mais óbvia para todos eles, que precisaram novamente correr pela imensidão selvagem de um país devastado.

Naquela tentativa sofrível de drama que foi o episódio anterior (sim, ainda desprezo aquilo como episódio) houveram insinuações de que este tipo de problema poderia ocorrer e, conforme prometido, ocorreram na medida certa, com cenas grotescas como o churrasco de cachorros baleados e Daryl Dixon se banqueteando com minhocas.


Além disso, tivemos personagens se entregando a pensamentos pouco construtivos, como as duas facetas da autodestruição demonstradas por Maggie e Sasha, a entrega a vícios de Abraham e Daryl (que também teve seu momento de autoflagelação para conseguir extravasar seus sentimentos por Beth), além da insistente necessidade de resolver os problemas dos outros para aplacar suas próprias dores, bem representadas por Carol, Michonne e Padre Gabriel.

Mostrando razões para ter sido o líder durante tanto tempo, Rick se mostra mais acostumado com a situação, mantendo sua mente no lugar, enquanto muitos dos outros beiravam a loucura. Este episódio fala fundo sobre diversas questões dentro do ambiente da série e faz com que muitas atitudes e posições sejam revistas.

Por quanto tempo o grupo de Rick precisaria vagar sem comida e lugar tranquilo para dormir antes que Rick, Daryl ou Abraham se tornassem algo tão ruim, ou até pior, que o Governador?

Quanto tempo seria necessário para que qualquer situação fosse resolvida na base da violência (Sasha quase atacou Michonne neste episódio).

A violência leva à morte, e um cadáver perto de gente esfomeada e bestializada leva a… Exatamente, você me entendeu.

Depois deste episódio, muitos dos sobreviventes de internet vão repensar seu desejo de um apocalipse zumbi e muitas pessoas que amam julgar os grupos de antagonistas e suas atitudes deformadas pensarão novamente na máxima “como será que eu reagiria?”.

Pois em um mundo onde todos enlouqueceram, o pior inimigo continua sendo o mundo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário