quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

The Walking Dead 5ª Temporada: Perguntas e Respostas com Seth Gilliam (Padre Gabriel Stokes)


Seth Gilliam, que interpreta Gabriel Stokes na série The Walking Dead, fala sobre matar seu primeiro walker no set e sobre o comprometimento sobrehumano de Andrew Lincoln (Rick Grimes) com o seriado.

P: Na verdade você não sabia que estava sendo selecionado para o papel do Padre Gabriel durante sua audição. Quando te contaram quem você interpretaria? Você já tinha algum palpite?

Seth Gilliam: Eu não tinha nenhum palpite. Me contaram uma semana antes de eu começar a gravar. Eu comecei como uma lousa em branco. Não sabia nada sobre o personagem e simplesmente segui com o que estava nas páginas.

P: Você encontrou alguma semelhança entre você e seu personagem conforme foi conhecendo-o?

Seth Gilliam: Com cada personagem que você interpreta, você tenta encontrar quais características suas existem neles e, com sorte, surge algo que você possa usar. Eu penso que existem algumas qualidades no Padre Gabriel que compartilho com ele, mas eu imagino que ele exorcizou todas essas coisas quando os walkers maravilhosos apareceram.

P: Quando conhecemos Gabriel, ficou claro que ele não está adaptado a lutar contra um walker. Como você acha que você se sairia contra um deles?

Seth Gilliam: Eu acho que, até que eu estivesse totalmente encurralado, eu teria uma reação semelhante à do Padre Gabriel. Eu não me vejo pegando uma chave de fenda e matando walkers, mas, se eu ficasse encurralado – Eu já vi muitos filmes do Bruce Lee. Seu plano de jogo provavelmente não funcionaria quando eles estiverem muito próximos. É um mundo totalmente novo.


P: Se você conhecesse Gabriel sob circunstâncias semelhantes àquelas que os personagens o conheceram, você confiaria nele?

Seth Gilliam: Eu acho que eu reconheceria que ele não é uma ameaça para mim ou uma pessoa perigosa. Eu confiaria, mas ficaria de olho nele, também. O cara tem estado sozinho – além de ter deixado sua congregação morrer – tem estado trancado durante meses. Você não sabe em que estado mental ele está ou que tipo de stress pós-traumático ele está sofrendo.

P: Como você se sentiu quando finalmente matou seu primeiro walker no oitavo episódio da quinta temporada?

Seth Gilliam: Acho que matar um walker é uma coisa muito perturbadora para o Padre Gabriel. Vivo ou morto, assassinato é assassinato, para ele. Ele é um personagem de extremos, então, existe uma grande quantidade de conflito.

P: Como o Novato dessa temporada, qual foi a coisa mais surpreendente em estar no set de The Walking Dead?

Seth Gilliam: Eu fiquei surpreso com o nível de comprometimento que Andrew Lincoln tem. As situações extremas que solicitaram que ele atuasse – é preciso estar realmente comprometido e ele continua ficando cada vez mais. Ele quase nem é humano. Esse cara está ligado a alguma coisa? Cadê o carregador dele? [Risos]

P: Você participou de The Wire, assim como Lawrence Gilliard, Jr. (Bob) e Chad L. Coleman (Tyreese). Você ficou animado por trabalhar com eles em um mundo totalmente diferente? Como foi ficar do mesmo lado que eles, depois de vocês serem oponentes em The Wire?

Seth Gilliam: Foi ótimo. The Wire é semelhante a The Walking Dead, no sentido de que todos ajudam os outros a alcançarem um momento de mudança da história. Todos estão fazendo o que podem para ajudar você a passar por alguma coisa e chegar a algum lugar. É como uma rede de segurança. Foi ótimo me reconectar com Lawrence e com Chad por causa disso e lembrar esse sentimento a que me segurei e que procurei em outros projetos e em outras pessoas com quem trabalhei.


P: Por já ter interpretado um ex policial, como você classificaria Rick Grimes?

Seth Gilliam: Eu não tenho certeza se iria querê-lo na minha força policial agora. [Risos] No começo, ele era um cara muito consciente e representava bem o distintivo, mas as coisas estão diferentes agora.

P: Você também já atuou no palco. Você conseguiria visualizar uma peça envolvendo The Walking Dead como uma produção teatral? Como seria?

Seth Gilliam: Bem, teria que ser um musical…

P: Naturalmente.

Seth Gilliam: Seria um musical fantástico com um coro “morto”. Provavelmente funcionaria melhor com um pouco do humor distorcido tipo “The Rocky Horror Picture Show”. Precisaria ter alguns efeitos especiais chocantes e momentos que apavorassem a audiência.

P: Estou gostando!

Seth Gilliam: Bem, fale com o Scott Gimple!

The Walking Dead irá retornar com a segunda parte da quinta temporada no dia 08 de fevereiro de 2015 na AMC e no dia 10 de fevereiro de 2015 na FOX Brasil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário