sexta-feira, 21 de novembro de 2014

The Walking Dead 5ª Temporada: 5 coisas que você pode ter perdido no episódio “Consumed”


Seguindo o tema dos dois episódios anteriores, nós ganhamos um espetáculo de Carol e Daryl no episódio desta semana de The Walking Dead, “Consumed” (Consumido).

Nós nos juntamos aos nossos dois heróis de ação preferidos em sua jornada para Atlanta para saber mais sobre os carros com as cruzes brancas. Ainda que o episódio não tenha sido cheio de ação, como estamos acostumados a ver com Carol e Daryl, ele revelou muito sobre os dois como personagens, além de finalmente explicar como Carol foi parar na maca do Grady Memorial Hospital.

Confira alguns detalhes que você talvez tenha perdido em “Consumed”:

1 – O retorno das crianças zumbis


Em “Consumed” nós vimos o retorno de crianças zumbis, e foi chocante como sempre. Ainda que não desse para ver o rosto dos pequenos zumbis (apenas a sombra, e depois o corpo na mortalha), o efeito foi bem dramático. O zumbi ter aparecido justamente no centro de alojamento temporário abateu Carol com força, e serviu como uma forma brilhante de mostrar como as mortes das três crianças mais próximas a ela (Sophia, Mika e Lizzie) a afetaram profundamente.

Crianças zumbis não são aparições incomuns no show (ainda que tenham sumido desde a morte de Penny na terceira temporada), mas The Walking Dead resiste a mostra-las na maior parte do tempo, a não ser quando elas podem ser usadas para um total efeito dramático, e em “Consumed” eles acertaram na mosca.

2 – Transbordaram referências a programas de TV!


Havia grandes referências a alguns ótimos programas de TV neste episódio. Primeiramente uma referência a Lost, quando Daryl e Carol vão investigar a van branca oscilando em uma ponte. Eles entram na van para procurar pistas, mas são obrigados a inclina-la para cair da ponte para escapar de um pequeno bando de zumbis. No painel da van havia uma estatueta de Maria, parecida com as que eram usadas para contrabandear heroína em Lost. Assim como neste episódio, as estatuetas de Lost estavam em um veículo (um avião) que despencou, só que não de uma ponte, e sim de um penhasco.

A segunda referência foi a Arquivos X. Quando Daryl e Carol reencontram Noah, Daryl rapidamente prende ele embaixo de uma estante, e então acende um cigarro enquanto ele implora pela ajuda dos dois. A marca que Daryl fuma, Morley’s, é a mesma marca que ficou célebre por ser fumada pelo grande vilão de Arquivos X, o Canceroso.

3 – Havia alguns retornos sinistros


Havia algumas cenas em “Consumed” de tirar o chapéu para o primeiro episódio da série.

Primeiro fomos recebidos com a recriação de uma das cenas mais dramáticas da serie inteira, quando o xerife Rick entrou pela primeira vez em Atlanta. Em “Consumed” a estrada aparece em piores condições depois de ter sido bombardeada, mas é inegável que se trata de um belo tributo ao episódio piloto. A cobertura negra e sombria da noite nesta cena faz um forte contraste com a atmosfera positiva e iluminada que vemos sobre Atlanta quando Rick chega no primeiro episódio. Também vale mencionar que, ainda que nas duas cenas as pessoas estejam chegando a Atlanta para procurar por seus entes queridos (Rick por sua família, Daryl e Carol por Beth), a cidade parecia bem mais convidativa há quatro temporadas, enquanto agora parece extremamente agourenta.

Depois disso vemos o tanque onde Rick foi encurralado no primeiro episódio. Talvez o tanque não seja exatamente o mesmo em que Rick foi encurralado (certamente havia mais de um tanque em Atlanta depois do surto), mas é certamente uma referência direta àquele momento. Para a nossa sorte, Carol e Daryl não estiveram em uma situação em que precisassem se proteger lá dentro.

Mais um detalhe: quando Carol e Daryl saem da van destruída, eles passam por um zumbi no chão que tenta pegar os dois. A câmera se demora no zumbi e é possível ver que toda a parte inferior de seu corpo está faltando – definitivamente uma referência à famosa zumbi da bicicleta que Rick encontra e depois mata no primeiro episódio.

4 – Daryl está tentando superar seu passado


No começo do episódio descobrimos que Carol fugiu para um abrigo com Sophia em algum momento de seu passado, tentando escapar das agressões. Quando os dois estão procurando um lugar para ficar no alojamento temporário, nós vemos rapidamente um exemplar de “Tratando Sobreviventes de Abuso Infantil” em uma mesa. Mais tarde no episódio o livro cai da mochila de Daryl quando Carol a puxa.

Este é provavelmente o primeiro momento em que vemos Daryl realmente tentar superar sua infância. Nós sabemos que quando eram crianças, Daryl e Merle perderam a mãe, e depois Merle o abandonou para ser criado por seu pai abusivo. Sua infância obviamente afetou profundamente sua vida inteira, mas agora parece que ele está tentando começar a cuidar das feridas de seu passado.

5 – O tema do fogo foi incrivelmente significativo


Ao longo da série Daryl e Carol estão continuamente cercados por fogo: nós sabemos que a mãe de Daryl morreu em um incêndio, o CDC explodiu na primeira temporada, a fazenda, a prisão, a cabana de Beth e Daryl sendo incendiada, e finalmente Terminus também acabou em chamas.

Durante sua estadia no centro de alojamento temporário, Carol contou a Daryl sobre seu passado e mencionou que a pessoa com quem ela estava, Ed, “foi queimado” e ela se tornou mais feliz. Carol sempre esteve cercada por fumaça: fumaça da prisão e a coluna de fumaça de Terminus quando ainda estava queimando. Carol obviamente cresceu bastante durante a série e, como uma fênix, ressurgiu das cinzas para se tornar esta nova pessoa, mais forte e mais feliz.

Por outro lado, Daryl ainda não terminou de lidar com seu passado, ainda que tenhamos visto ele tentar superar isso ao longo do episódio, especialmente quando ele pega o exemplar de “Tratando Sobreviventes de Abuso Infantil”. Independente disso, ele ainda tem muito pela frente, e em contraste com Carol estar cercada por fumaça, Daryl estava cercado pelas chamas; o caderno e lixeira que ele incendeia para distrair zumbis, o isqueiro que ele usa, e ele foi a pessoa que acendeu a pira funerária para queimar o corpo da criança zumbi. Por mais que Daryl ainda tenha muito pela frente antes de “se queimar” como Carol, ele observou de forma incisiva que “nós não somos cinzas”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário