quarta-feira, 1 de outubro de 2014

Fotos e relato do labirinto de The Walking Dead do Halloween Horror Nights


O Daily Dead foi recentemente convidado para uma excursão íntima pelos bastidores dos altamente esperados labirintos do Halloween Horror Nights, da Universal Studios – Clowns 3D e The WalkingDead – que foi liderada por John Murdy, o diretor de criação da Universal Studios Hollywood e produtor executivo do Halloween Horror Nights.

Tanto o labirinto de Clowns 3D quanto o de The Walking Dead estavam sendo estruturados e ‘enfeitados’ pela equipe incansável de Murdy na época da visita, mas havia componentes o suficiente no lugar para termos uma ideia do caos que o Halloween Horror Nights tem reservado para suas vítimas assim que as portas se abrirem. Confira abaixo o relato da equipe do Daily Dead:

"Depois que nós concluímos Clowns 3D, nos encontramos com Murdy na locação do labirinto desse ano de The Walking Dead, inspirado na mais recente temporada da série. É evidente, só pelo exterior do labirinto, que Murdy e sua equipe colocaram uma quantidade ampla de esforço no sentido de capturar todos os tipos dos incríveis detalhes para sua atração, o que deverá, sem dúvidas, agradar aos fãs da série. Na frente da prisão, somos saudados pelo enorme tanque do Governador que bateu na cerca de arame no perímetro da prisão, além da torre de vigilância e das áreas do pátio e da cozinha que pudemos conhecer tão bem no último ano, durante a primeira metade da quarta temporada de The Walking Dead.
Conforme entramos na prisão, Murdy nos informa que, para o labirinto de The Walking Dead desse ano, o Halloween Horror Nights levará os fãs para o pavilhão D, onde a infecção que devastou inúmeros residentes da prisão no início da quarta temporada de The Walking Dead começou. Além do fato de que seria mais fácil simplesmente inundar o pavilhão com zumbis de aparência genérica para assustar os visitantes, Murdy nos contou que a sua parte favorita de criar um labirinto no estilo de The Walking Dead é escolher momentos específicos e zumbis da série para que cada parte do labirinto esteja relacionada a alguma coisa que todos nós tenhamos visto na última temporada. Ele também discutiu como ele trabalha de perto com Greg Nicotero durante todas as fases do planejamento, com o objetivo de que cada pequeno detalhe esteja perfeito.
Murdy disse, “Cada temporada nós escolhemos o que queremos fazer, o que é ótimo, e, é claro, porque nós estamos trabalhando com a propriedade de The Walking Dead, o que significa que estamos trabalhando muito aproximadamente de Greg Nicotero. E Greg observa cada parte da maquiagem que nós fazemos e nos dá suas anotações conforme progredimos. Não existe nada em nenhum desses labirintos em que Greg não tenha tocado de algum modo. É muito legal ter alguém com o talento dele estando tão envolvido com esses efeitos, porque nós temos que nos certificar de fazer justiça ao trabalho incrível que ele faz em cada noite do labirinto.”
“Nós estamos trabalhando com Greg no labirinto “Do Crepúsculo À Alvorada” nesse ano também, então estamos, na verdade, colaborando com ele em duas coisas, o que é realmente divertido para mim. Greg também foi a ferramenta para trazermos (Robert) Rodriguez para o Horror Nights, de fato. Robert era aquele cara com quem eu sempre quis trabalhar, então estou muito feliz por trabalhar com ele e com Greg em (Do Crepúsculo À) Alvorada nesse ano.”, acrescentou Murdy.
Conforme saímos da prisão, somos saudados com uma homenagem a Carol e quando ela queimou vivas as pessoas infectadas na prisão, o que causou seu banimento por Rick. Murdy explica que o visual dos cadáveres aqui se assemelha a cachorros quentes que cozinharam por tempo demais no grill e a sala será aromatizada com o cheiro de carne queimada para fazer os visitantes imergirem completamente na terrível locação. De lá, fomos para a loja Big Spots, da season premiere da quarta temporada de The Walking Dead, onde o teto cedeu quando o grupo de sobreviventes estava em uma busca por alimentos. Novamente, é possível perceber que Murdy e sua equipe passaram muito tempo observando os detalhes de The Walking Dead porque a sala da Big Spot, individualmente, tem uma quantidade incrível de detalhes, como um walker azarado que ficou pendurado pelos intestinos do teto. Muitas coisas legais.
Depois da Big Spots, vocês farão uma viagem pelo bosque onde encontrarão o musgo/a árvore walker que, atualmente, se tornou tão icônica para os fãs de The Walking Dead (inclusive inspirando a edição de colecionador do Blu-ray no início desse ano). Após isso, vocês irão para o necrotério, onde os visitantes serão atacados por diversos walkers, trazendo sustos divertidos em outro lugar icônico da quarta temporada. De lá, chegarão em uma locação muito familiar dos dois últimos episódios da quarta temporada – o túnel escuro em que Glenn teve que passar enquanto ia para o Terminus. Foi uma façanha extraordinária criar uma locação para aqueles que trabalharam em The Walking Dead, e o trabalho de Murdy nos momentos de tirar o fôlego da série é tanto ambicioso quanto impressionante.
É evidente, ao passar algumas horas com Murdy, que o Halloween Horror Nights é aquilo que continua a conduzi-lo, tanto profissional quanto pessoalmente. É evidente que Murdy e sua equipe passaram uma quantidade cuidadosa de tempo analisando cada mínimo detalhe de cada um dos labirintos, scare zones e o Terror Tram Tour, e é esse tipo de atenção que faz com que o HHN seja uma das principais atrações que tematizam o Halloween nos Estados Unidos (e não apenas em Los Angeles) a cada ano".















The Walking Dead irá retornar com a quinta temporada no dia 12 de outubro de 2014 na AMC e no dia 14 de outubro de 2014 FOX Brasil. Veja o trailer legendado da quinta temporada aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário