sexta-feira, 12 de setembro de 2014

Greg Nicotero revela: “Sobrevivência” é o foco da 5ª Temporada de The Walking Dead


(Aviso: pequenos spoilers da Quinta Temporada e grandes spoilers dos quadrinhos a frente.)

Quantas vezes você viu o trailer da quinta temporada de The Walking Dead, aquele mostrado na Comic-Con de San Diego? Apostamos que você viu, estudou, passou em câmera lenta, voltou e avançou, muitas vezes, em uma busca para desvendar cada história e revelação de personagens que essa espiada da Quinta Temporada pode proporcionar.

Especialmente aquela cena de “piscou-perdeu” com Glenn (Steven Yeun), amarrado, em que sua nuca estaria prestes a ser acertada por um cara que nunca vimos antes, balançando uma arma parecida com um bastão. Fãs dos quadrinhos de The Walking Dead imediatamente imaginaram: Essa seria a maneira da série apresentar um dos vilões mais malvados do universo de Walking Dead? O Glenn da TV estaria prestes a ser esmagado por Negan, o vilão portador do bastão coberto por arame farpado que mata Glenn nos quadrinhos?

O que você pode falar sobre aquela cena, produtor executivo/diretor/mago da maquiagem e efeitos especiais Greg Nicotero?

“Posso dizer que fico contente que você tenha pego isso”, Nicotero disse à Yahoo TV durante uma discussão sobre o lançamento da Quarta Temporada do DVD de The Walking Dead. “E que sua intuição… Não posso dizer. Não posso dizer. Posso dizer que está no trailer por um motivo.”

Nicotero, que junto com o elenco e a equipe, está agora na Geórgia trabalhando no oitavo episódio da Quinta Temporada (o final de meia temporada anual), também compartilhou outros pequenos detalhes sobre a nova temporada.


Aquele trailer da Quinta Temporada que vocês mostraram na Comic-Com foi bem revelador. Ele mostrou muito sobre as histórias individuais e muitos novos personagens, e uma grande interrogação foi resolvida: Beth está viva! Houve alguma preocupação em revelar muita coisa?

Greg Nicotero: Bem, sempre há essa preocupação, porque algo que é tremendamente importante para nós é permitir que o público faça essas descobertas por si. Por isso, tínhamos muita noção de que não queríamos revelar demais.

O pedaço com a Beth foi algo que veio mais tarde no processo de produção do trailer, porque queríamos abrir o mundo. O mundo de The Walking Dead é muito importante para nós em termos de sempre mantermos tudo fresco. E vemos um pouco do Terminus, um pouco da igreja, e conforme editávamos o trailer, pensamos, “Espera aí, há grandes momentos que podemos usar de provocação: estar em um ambiente urbano e cair em uma abertura do nosso mundo.”

E meio que no ultimo minuto, acho que Scott [Gimple] acabou falando, “Quer saber? Emily [Kinney, que faz Beth] estará na Comic-Con com a gente, e essa é normalmente uma das primeiras perguntas que nos fazem: ‘Onde está Beth? Ela ainda está viva? O que aconteceu com ela?’” Então decidimos terminar o trailer com isso. Temos que escurecer e há uma certa melodia de “Ah nossa, é, aí está ela,” e vamos ter dicas de que ela está indo em uma jornada na qual, pelo trailer, sequer vemos qualquer personagem conhecido. Estamos apresentando novos personagens.


Você dirigiu a estreia da Quarta Temporada, que começou em um ritmo mais lento, com os moradores de Woodbury e Rick e seu grupo vivendo pacificamente na prisão. Você também dirigiu a estreia da Quinta Temporada, que você descreveu como “parecendo um filme nas lentes”. Como a temporada se inicia?

Greg Nicotero: Se eu disse “filme”, eu provavelmente quis dizer “filme enorme, gigante que quase me matou”. Mas foi um estouro no tempo certo. É, quero dizer… Nunca começamos, de fato, [uma temporada] com um corte direto [da temporada anterior]. Da Segunda Temporada para a Terceira Temporada, teve um pulo de oito meses, e da Terceira para a Quarta, um pulo de oito meses. Mas desde que terminamos a Quarta Temporada com a fala de Rick – “Eles estão mexendo com as pessoas erradas” – acabamos em um beco sem saída, e vamos retornar exatamente de onde paramos.

Há um tema geral para a Quinta Temporada?

Greg Nicotero: O tema para a Quarta Temporada foi: “Podemos nos redimir das coisas que fizemos?” E é assim que Rick começa no início da Quarta Temporada, e ele tem uma conversa com Clara, e ele vai até o fim, e você o vê abraçar essa brutalidade com o objetivo de sobreviver com Carl, Daryl e Michonne. Por isso, com certeza, na Quinta Temporada, Rick estará questionando o que é necessário fazer para proteger as pessoas que você ama, o que você está disposto a fazer. E o foco é bem na sobrevivência. Acho que a palavra que descreve a Quinta Temporada é “sobrevivência”. O legal de caminhar em direção à Quinta Temporada é continuar a exploração de quem são essas pessoas, e é emocionante.

Quais suas expectativas para a nova temporada de The Walking Dead? Deixe tudo nos comentários abaixo.

The Walking Dead irá retornar com a quinta temporada no dia 12 de outubro de 2014 na AMC e no dia 14 de outubro de 2014 FOX Brasil. Veja o trailer legendado da quinta temporada aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário