sexta-feira, 25 de abril de 2014

As 3 melhores cenas de Daryl Dixon na 4ª temporada de The Walking Dead


Daryl Dixon (Norman Reedus) começou como um caipira rabugento e f*dão que estava chateado com todo mundo porque abandonaram seu irmão, Merle (Michael Rooker). Na 2ª temporada, ele acreditou fielmente na busca de Sophia, a filha de Carol Peletier (Melissa McBride). Na 3ª temporada, ele encontrou e perdeu novamente seu irmão Merle, mas estabeleceu-se como um líder forte na equipe da prisão.

Daryl começou a 4ª temporada como o heróico “Mr. Dixon” para Patrick, o melhor amigo de Carol, homem misterioso/detetive para Zach, colega que odeia o Governador para Michonne (Danai Gurira), e a polícia de bebida alcoólica para Bob Stookey (Larry Gilliard Jr.). Mas, sua história mudou dramaticamente na segunda metade, e nos aprofundamos na psique de Daryl graças a sua amizade inesperada com Beth Greene (Emily Kinney).

Tem sido uma estranha e longa jornada para Daryl, mas foi uma ótima temporada com cenas poderosas para Norman. Aqui estão os três dos seus melhores momentos na 4ª temporada, em ordem de aparição:

1. Daryl vs. Rick com relação a Carol, Episódio 8 - ”Too Far Gone”


Norman teve muito pouco tempo para nos mostrar a raiva e desconfiança de Daryl em relação a grande confissão de Rick Grimes (Andrew Lincoln) – ele abandonou Carol nos subúrbios após ela admitir que matou Karen e David. Rick defendeu sua decisão enquanto Daryl andava de um lado para outro, encarando furiosamente o seu amigo. Rick disse que ela ficaria bem, que ela era uma sobrevivente, e Daryl virou-se para ele dizendo que não acreditava nisso. Rick disse que Carol não estava arrependida, e Daryl respondeu que ela não era assim. Era possível ver que Daryl estava lutando para entender o que estava acontecendo, e culpando Rick por não esperar ou trazê-la de volta.

O confronto Daryl vs. Rick foi colocado de lado quando o Governador atacou, mas estabeleceu um grande reencontro Rickyl no último episódio da 4ª temporada. Eles se reaproximaram depois de lutarem contra Os Reivindicadores, Daryl se sente culpado por se juntar a um grupo que acabou tentando matar Rick. Rick disse que não era sua culpa. Daryl também disse que qualquer um teria feito o que Rick fez com Os Reivindicadores. Rick discordou que alguém pudesse ir tão longe. Rick e Daryl terminam a temporada como “irmãos”, mas vimos o quanto Carol significa para Daryl nesta breve cena do mid-season finale, e quase nos custou nosso bromance favorito. Será que a relação mudará mais uma vez quando Carol retornar na 5ª temporada?

2. Daryl se deixa abater com culpa, Episódio 12 – “Still”


"Still" foi repleto de grandes momentos para Daryl – foi um destaque enorme para Norman – mas fomos especialmente comovidos por Daryl e seus sentimentos profundos e surpreendentes de culpa pela perda da prisão.

No início da segunda parte, Daryl estava simplesmente derrotado. Ele não mostrou qualquer emoção, nem mesmo raiva com a suposta morte de todos que conhecia. Isso realmente mudou durante sua caminhada com Beth, que os levou a uma cabana que lembrou Daryl de seu terrível passado. Eles jogaram o “Eu nunca…”, que mostra o contraste gritante entre a educação mais privilegiada de Beth e o péssimo passado pré-apocalipse de Daryl. O jogo o levou a reagir de uma forma que nunca vimos – como um animal selvagem. O jogo abriu muitas feridas feias em ambos os lados.

Ele nunca teve um pônei de estimação. Nunca pôde fazer todas as coisas que Beth fez. “Nunca contou com ninguém para se proteger antes.” Nunca contou com ninguém para nada. “E, é claro, nunca cortou os pulsos para chamar atenção.” Ele agarrou Beth e arrastou-a para fora da cabana para ensiná-la a usar a besta; ela pode ter tido vantagens no outro mundo, mas ele é o único que está preparado para esta vida.

Em resposta, Beth atacou Daryl de uma maneira que nunca tínhamos visto também. Ela admitiu que não é como Michonne, ou Carol. Ela até trouxe à tona a história de Sophia saindo do celeiro – e como, agora, Daryl não deixará ninguém chegar muito perto novamente. Ele respondeu que ela perdeu dois namorados e não pode sequer derramar uma lágrima. Ela perdeu toda a sua família e tudo que ela quer é beber como “alguma vadia burra da faculdade.” Todo mundo está morto. Ela nunca verá Maggie novamente. Eles seguem até a porta… Ele transfere a fúria que estava direcionada a Beth para a raiva de si mesmo porque não impediu o Governador, por não continuar a procurá-lo. Daryl finalmente mostrou a tristeza de sua grande perda pessoal. Ele não tinha nada antes da prisão, e ele voltou para o nada. “Seu pai. Talvez eu pudesse ter feito alguma coisa…” Beth o abraçou por trás enquanto ele chorava. Foi uma cena poderosa, especialmente no que diz respeito ao balanço emocional crível que exigia de Daryl. E aproximou os dois personagens para sempre.

3. Daryl acredita em pessoas boas, graças a Beth, Episódio 13 – “Alone”


Daryl ainda se via como o protetor de Beth em “Alone”, levando-a pelo cemitério e dizendo que se a funerária tivesse pessoas, ele iria cuidar delas. Beth respondeu com sua crença de que ainda havia pessoas boas no mundo. Dentro da casa, Beth viu que alguém estava cuidando dos mortos, reconhecendo que walkers costumavam ser pessoas. Ela achou bonito, e perguntou se Dary sentia o mesmo. Daryl apenas olhou para ela com uma espécie de reverência, ou apenas admiração por sua alma gentil e esperançosa.

Mais tarde, Beth disse que queria deixar um bilhete de agradecimento para quem estava vivendo lá. Daryl disse que talvez eles pudessem coexistir com essa pessoa. Beth provocou Daryl por pensar que havia pessoas boas no mundo, afinal. O que o fez mudar de ideia? “Você sabe”, disse ele. Deu-lhe uma olhada. Ele deu de ombros. Clássico Daryl sendo estranho, sem ser capaz de articular seus sentimentos. Beth o pressiona e pergunta novamente o que o fez mudar de ideia. Ele apenas olha para ela, e seu olhar é carregado de significado. Deu grande esperança para os que torcem por “Bethyl” e deixou os que torcem por “Caryl” confusos. Era um olhar romântico ou apenas mostrava o quanto Beth ajudou a mudá-lo, uma boa pessoa e novo amigo? Isso depende de cada espectador, mas Norman nos deu muito em que pensar neste momento. No mínimo, ele mostrou o quanto Beth expandiu o coração Grinch pós-prisão de Daryl. Nós vamos ter que esperar a 5ª temporada para ver se há algo mais nisso.

"Houve outros grandes momentos de Daryl na 4ª temporada, inclusive atacando os walkers no country club, repreendendo Bob por seu egoísmo, o seu impasse com Os Reivindicadores no final de “Alone”, e sua ligação com Rick no season finale. Quais foram as suas cenas favoritas? Deixe todas nos comentários abaixo".

The Walking Dead irá retornar com a quinta temporada em outubro de 2014 na AMC e na FOX Brasil. O trailer da temporada, bem como a data oficial de lançamento, será divulgada durante a Comic Con de San Diego, em julho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário