sexta-feira, 2 de agosto de 2013

Guerra Mundial Z (World War Z)

Se você está procurando um filme para se divertir, sem a menor pretensão de mudar sua vida, é o que você encontrará com Guerra Mundial Z (World War Z), que apresenta quase duas horas de ação e suspense, protagonizadas pelo astro Brad Pitt.



Inspirado no livro homônimo de Max Brooks, o filme de Marc Forster não perde tempo tentando explicar muita coisa. O roteiro sai jogando informações das mais variadas vertentes, como questões ambientais, passando por teorias conspiratórias, até a culpabilidade das companhias aéreas pelo contágio em massa. E para deixar ainda mais redondo do ponto de vista comercial, carrega bastante no amor familiar e dá uma flertada com o mundo dos jogos eletrônicos.

É um filme que não tem uma fiel adaptação da obra que o originou e os que esperavam ver sangue jorrando no melhor estilo gore de George Romero podem tirar o cavalinho da chuva, mal há uma gota de sangue no filme inteiro. Nem por isso o filme é ruim, pois nessas quase duas horas de filme, você vai ver excelentes cenas de ação, com efeitos especiais incríveis (vale o 3D), algumas pitadas de humor (mais concentradas no final) com boas doses de suspense. Esse, por sinal, é um dos pontos legais da produção, que consegue, mesmo tendo um sem número de licenças e clichês, envolver você na atmosfera do personagem.

Então mergulhe de cabeça nessa verdadeira corrida contra o tempo e vá logo assistir a Guerra Mundial Z (World War Z), que já está com sequência confirmada.

Sinopse

Uma terrível e misteriosa doença se espalha pelo mundo, transformando as pessoas em uma espécie de zumbis. A velocidade do contágio é impressionante e logo o Governo americano recruta um ex-investigador da ONU (Organização das Nações Unidas) para investigar o que pode estar acontecendo e assim salvar a humanidade, tendo em vista que as previsões são as mais catastróficas possíveis. Gerry Lane (Brad Pitt) tinha optado por dedicar mais tempo a sua esposa Karen (Mireille Enos) e as filhas, mas seu amor a pátria e o desejo de salvar sua família acabam contribuindo para que ele tope a missão. Agora, ele precisa percorrer o caminho inverso da contaminação para tentar entender as causas ou, ao menos, indentificar uma maneira de conter o contágio até que se descubra uma cura antes do  apocalipse. Começa uma verdadeira corrida contra o tempo, que mostra-se cada vez mais curto, na medida que a população de humanos não para de diminuir.

Ficha Técnica

Direção: Marc Forster
Roteiro: J. Michael Straczynski, Matthew Michael Carnahan
Elenco: Abigail Hargrove, Ann Ogbomo, Brad Pitt, Daniella Kertesz, David Andrews, David Morse, Elyes Gabel, Ernesto Cantu, Fabrizio Zacharee Guido, Féodor Atkine, Gil Cohen-Alloro, Hugh Terry, Jake Pashkin, James Badge Dale, James Cotter, John Gordon Sinclair, Julia Levy- Boeken, Julian Seager, Katia Bokor, Katrina Vasilieva, Kingsley Ben-Adir, Leroy Osei-Bonsu, Matthew Fox, Mireille Enos, Mustafa Harris, Nick Bartlett, Okezie Morro, Peter Basham, Sami Tesfay, Sterling Jerins, Trevor White, Ulrika Belogriva, Vicky Araico
Duração: 116 min
Gênero: Ação, Drama, Suspense

Trailer



Curiosidades

- Livro de zumbis:
Baseado no livro "Guerra Mundial Z", de Max Brooks.

- Comprando os direitos:
O valor pago pela Paramount pelos direitos de adaptação não foram divulgados, mas as informações são de que o contrato foi de seis dígitos.

- Atores cotados:
Os atores Ed Harris e Matthew Fox chegaram a ser escalados para a produção, mas conflitos de agenda impediram a participação de ambos.

- Filadélfia no Reino Unido:
Rodado em várias locações do Reino Unido, como Glasgow e Escócia.

Para que o local ficasse parecido com a Filadélfia, carros, caminhões e até placas de rua foram importadas para a devida caracterização. O motivo dessa operação foi fugir das altas taxas, uma vez que não foi oferecida nenhuma redução de impostos para a produção rodar por lá.

- Herói do set:
Durante uma das cenas que envolviam uma multidão de zumbis, uma das figurantes caiu no chão e começou a ser pisoteada. A situação só não foi pior porque o astro Brad Pitt a pegou, colocou-a nas costas e saiu do local antes que se tornasse algo mais grave. O agradecimento ao galã veio somente depois que a cena foi concluída.

- Produção complicada:
A produção de Guerra Mundial Z passou por diversas dificuldades: mudanças no roteiro, gravação de novas cenas, problemas com os efeitos especiais... Após todas essas alterações, o filme teve sua estreia adiada em mais de seis meses.

- Improvisação:
Para garantir um maior realismo em Guerra Mundial Z, a maioria das cenas familiares foram improvisadas pelos atores.

- Figurantes:
Nas cenas do início da epidemia, em Glasgow, foram utilizados 200 figurantes para dar a impressão de uma multidão. Em outra filmagem, a produção contou com um total de 700 figurantes.

Imagens:












Um comentário: