sábado, 30 de março de 2013

Resident Evil - Especial de 17 Anos


Um dos grandes títulos do mundo dos games, Resident Evil, completou no dia 22 de março, 17 anos de vida. Trata-se do primeiro jogo da série, que conquistou o mundo todo com personagens carismáticos e zumbis.

Neste post vamos mostrar diferentes capas e versões dele, que ganhou um Remake em 2002, e teve até mesmo um port diferente para um console de mão, o Nintendo DS.

Começamos com o Playstation, que foi o ‘berço’ acolhedor do título original. São três as versões de capa que circularam pelo mundo.

No Japão, o box mostra a escrita BIOHAZARD (nome do jogo na terra do sol nascente) e um olho como plano de fundo com uma gota de sangue escorrendo.


A versão americana foi lançada em dois modelos – LongBox, um tipo de caixa alongada, e a versão convencional. Na capa vemos Chris bem musculoso segurando uma shotgun, duas aranhas e alguns monstros misturados em cima de sua cabeça.


Já a versão européia é exatamente igual à americana, só muda a imagem no disco do jogo.


Depois do Playstation, Resident Evil foi levado ao Sega Saturno.

A versão japonesa de seu box mostra a escrita BIOHAZARD e uma corrente presa a um muro.


A versão americana, mostra o primeiro zumbi do jogo se virando e olhando pra você.


Já a versão européia do Sega Saturno mostra a mesma capa americana do Playstation!


Resident Evil também chegou ao PC!

No Japão, tivemos algumas versões de capa diferentes. A primeira delas mostra o famoso zumbi e um olho como plano de fundo, juntamente com BIOHAZARD escrito em sangue.


A segunda delas mostra somente o olho, como na versão de Playstation – essa veio em uma reimpressão do jogo.


Em 1999, a Capcom apresentou Biohazard nos computadores com um novo estilo de box.


Já em 2000, a desenvolvedora relançou o título mais uma vez.


Na América, a versão para PC veio em um BIGBOX e contava com uma versão ‘mais’ sangrenta que a original de Playstation – a capa é a mesma da versão original.


A Europa recebeu a versão bigbox normal como a capa americana e uma versão White Label.



No ano seguinte, em 1997, a Capcom lançou o Biohazard Director´s Cut, uma versão sem cortes do jogo e ‘mais” violenta:

No Japão temos duas versões do jogo:

A primeira mostra um zumbi na capa e ela é toda branca e vinha com a Demo de Biohazard 2 que seria lançada no ano seguinte!


A segunda versão mostra o hall de entrada da Mansão onde a trama se passa e acompanha o ‘Complete Disc’, que contém saves do Biohazard 1 e Biohazard 2, além de contar com vários vídeos de Biohazard 1.5, que futuramente se tornou Biohazard 2.


A versão americana mostra duas capas e uma delas se repete na versão européia:

A primeira mostra Chris em um ‘Close up’ e sem as aranhas e os monstros da versão original.


Já a segunda capa mostra o zumbi novamente, e essa versão director´s cut tem suporte ao controle dual shock do Playstation.


Biohazard também recebeu muitos vídeos, propagandas e merchandising na época do lançamento. Aqui vemos alguns materiais promocionais com a demo do jogo:

Essa primeira demo, mostra na capa o olho com o sangue escorrendo, além de poder jogar uma parte do game com essa demo, você podia também apreciar o Puzzle do sangue na parede, que na versão final do jogo foi retirado pela Capcom e ficou somente nesse cd promo.


Na Europa, o jogo recebeu várias demos. Confira algumas capas:



E na América, vários jogos entre outros materiais continham a demo do primeiro Resident Evil.


Em 2002, Resident Evil 1 recebeu um Remake exclusivo para o GameCube, com gráficos totalmente remodelados e visualmente lindos. O jogo foi um sucesso e vemos aqui suas capas:

No Japão, o hall de entrada da mansão é visto novamente, porém remodelado.


A americana mostra Jill sendo atacada por um zumbi em um dos corredores da mansão.


A européia mostra somente o nome Resident Evil com um fundo avermelhado.


O Wii também recebeu o port do Remake:

Nessa versão, a capa japonesa mostra Jill e Chris juntos. A Jill está de fundo e Chris empunha sua handgun e vem em sua direção.


A americana e a européia são as mesmas do GameCube, mudando somente o nome para ‘Archives Resident Evil’.


Já o Nintendo DS recebeu um port também, só que a versão original e não a remake, mas nessa versão tem um modo de jogo chamado Rebirth, com puzzles diferentes que combinam com a tela touch do portátil. Essa versão recebeu uma edição especial no Japão.

A primeira capa japonesa mostra um corvo com dois zumbis e a mansão em segundo plano e alguns cartuchos de bala caindo.


A edição especial:


A americana apresenta Tyrant mostrando suas garras e Jill atacando alguns monstros.


A européia é quase igual a americana só que nessa o Tyrant aparece sozinho!


Biohazard também aparece nos boxes japoneses comemorativos de aniversário da série, e são eles:

O box de 5 anos é uma maleta de metal. Além do primeiro jogo, acompanha os Biohazard´s 2, 3 e o Code: Veronica complete.





O box de 15 anos também traz Biohazard 1 e outros jogos da série.


E esse ano, como Biohazard 1 comemora 17 anos, a Capcom lança também em Maio mais um box comemorativo que acompanha o jogo.


Resident Evil Remake também aparece em 3 boxes:

O de comemoração de 10 anos da série.


No Japão foi lançado um Box com todos os Biohazard´s lançados para GameCube.


Nos Estados Unidos foi lançado um Pack com o Resident Evil Zero e o Remake.


E pra finalizar, vou falar um pouco de uma versão do primeiro jogo que seria portado para GameBoy Color, mas a Capcom acabou cancelando. Com gráficos ‘bons’ e o som bem atrativo, essa seria uma ótima versão do jogo. Pela internet, você encontra muito conteúdo sobre o assunto. Seguem algumas imagens e um vídeo de um game play.





E assim, encerramos esse especial de aniversário sobre Resident Evil! Esperamos que tenha gostado!

Via: Revil

2 comentários:

  1. Concordo plenamente!!! Um dos melhores post's.

    ResponderExcluir