domingo, 23 de dezembro de 2012

Terra Devastada - RPG Nacional


Ruas desertas, vidraças quebradas, carros abandonados, buracos de balas nas paredes dos prédios... Sangue, moscas e pedaços de carne humana decorando todo o ambiente... Esse é o cenário atual da maioria das cidades espalhadas pelo mundo.

Cidades fantasmas, devastadas...

O silêncio é quebrado apenas pelo gemido e andar trôpego de um ou outro zumbi que perambula sem rumo por entre as ruas. Às vezes solitário, às vezes em grandes grupos. Eles caçam, matam e os que não são completamente devorados retornam como membros dessas turbas de monstros.
Quanto tempo você é capaz de sobreviver ao apocalipse zumbi?
Quanto tempo você é capaz de ficar racional?

 
  
A RetroPunk acabou de ressuscitar o RPG nacional com o lançamento de 'Terra Devastada', um jogo simples e intuitivo que coloca os jogadores em um cenário apocalíptico devastado por morto-vivos onde o único objetivo é a sobrevivência, diferente da maioria dos RPGs que prioriza a evolução do personagem.

O sistema segue um conceito flexível que permite uma ampla customização dos personagens pelos jogadores, facilitando a jogabilidade até mesmo para neófitos que nunca tiveram contato com jogos de interpretação. É um jogo de atos e consequências, de desespero e de desesperança, e de como passar dia após dia sem enlouquecer ou ser devorado.

Esse não é um RPG de heróis!

Você é o protagonista, mas isso não significa que deva ser heróico ou que sua existência seja mais importante do que uma boa lata de conservas dentro do prazo de validade. Você não vai ser necessariamente o salvador do mundo - com certeza estará bem longe disso - ou a pessoa admirada que talvez imagine que possa se tornar, provavelmente você não terá chance ou moral de assumir esse estereótipo. O mundo devastado é um lugar perigoso, hediondo e de medo intenso, certamente não é um lugar para heróis, pelo menos não para o tipo de heróis que conhecemos.

Você inevitavelmente terá que tomar atitudes ingloriosas se quiser se manter vivo por mais algum tempo. Essas atitudes muitas vezes vão requerer sacrifícios que você nem sempre vai estar dispostos a pagar. Vai quebrar paradigmas, violar seus valores morais, perder sua fé ou corromper qualquer coisa que ainda o caracterize como um humano civilizado.


Extraído: Dito Pelo Maldito

Nenhum comentário:

Postar um comentário