segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Conto de zumbi: O Caminho dos Mortos

Capitulo 5: O gosto do desespero.

... saindo da garagem com tudo, sua única preocupação naquele instante era ir para um lugar mais calmo, com menos movimento e zumbis. Depois de 15 minutos rodando pelas ruas, Richard para o carro e pergunta: “O que faremos agora?”. Sophie rapidamente se manifesta: ”MEUS PAIS! Vamos procurá-los, eles ainda podem estar vivos”.

Richard e Eduardo concordaram, mas antes ligaram na casa dos pais de Sophie. Infelizmente ninguém atendeu. Isso deixou Sophie muito preocupada, mas mesmo assim, ela insistiu para que fossem a casa dela.

Próximo à casa de Sophie, Eduardo sugere que estacionem por ali para eles irem a pé para diminuírem as chances de chamar a atenção de algum zumbi. Chegando ao portão da casa de Sophie, Eduardo teve um mau pressentimento.

Abriu calmamente o portão tentando não fazer barulho, mas foi surpreendido por um zumbi que já estava dentro da casa.
O zumbi pulou sobre Eduardo e o derrubou. Richard correu para ajudar seu amigo que tentava desesperadamente não ser mordido. Richard chuta o zumbi que sai de cima de Eduardo que encontra uma barra de ferro. Ele avança pra cima do zumbi e desfere incontáveis golpes na cabeça dele.

Richard viu o desespero nos olhos de Eduardo, que continuara a atacar o zumbi brutalmente. Depois de pouco tempo Eduardo se cansou e sentou ali perto, olhou para o zumbi que estava com a cabeça praticamente destruída e começou a rir. Eduardo estava com uma expressão de total insanidade, virou para seus amigos e viu que eles estavam com medo dele, e então, aquele sorriso louco se tornou em uma expressão séria. Eduardo fechou o punho e acertou o próprio rosto, usando a dor para voltar a realidade ele acerta a si próprio.

Com um tom meio tímido, Eduardo se desculpa com Richard e Sophie por ter deixado o medo tomar conta da sua cabeça.

Juntos, eles voltam a focar em sua missão: encontrar os pais de Sophie. A casa aparentava estar segura por fora, nenhum sinal de arrombamento, isso deu esperança a todos.

Sophie abriu a porta da frente com sua chave e entrou silenciosamente, seguida de Richard e Eduardo e começaram a vasculhar o local, até que Eduardo abre a porta de um quarto e toma um susto...

Nenhum comentário:

Postar um comentário